Vacinação nacional contra sarampo começa nesta segunda-feira (7/10)

0
127

Doses serão aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30min, nas unidades de saúde da cidade e distritos.

A próxima segunda-feira (7/10) marca o início da campanha nacional de vacinação contra o sarampo de 2019. A vacina tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola, estará disponível em todos os postos de saúde da cidade e distritos de Muriaé, com foco especial em dois subgrupos: crianças de 6 meses a menores de 5 anos e adultos de 20 a 29 anos. As doses serão aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30min.

“A única forma de prevenção do sarampo, de fato, é através da imunização. Não há outra alternativa. Todos devem se vacinar, pois o sarampo é uma doença séria, que traz consequências graves, como surdez, cegueira e alterações neurológicas, além de poder até levar a óbito”, salienta a enfermeira coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Rosinalva da Silva Pedrosa.

O sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, grave, transmissível, altamente contagiosa e comum na infância. A doença começa inicialmente com febre, exantema (manchas avermelhadas que se distribuem de forma homogênea pelo corpo), sintomas respiratórios e oculares.
No quadro clínico clássico, as manifestações incluem tosse, coriza, rinite aguda, conjuntivite, fotofobia (aversão à luz) e pequenos pontos esbranquiçados presentes na mucosa oral. A evolução da doença pode originar complicações infecciosas com amigdalites (mais comum em adultos), otites (mais comum em crianças), sinusites, encefalites e pneumonia, que podem levar a óbito.

A campanha

A campanha nacional de imunização contra o sarampo acontecerá em duas etapas. A primeira, focada em crianças de 6 meses a 5 anos de idade (grupo mais vulnerável), ocorre entre 7 e 25 de outubro. A segunda, entre 18 e 30 de novembro, visa vacinar os jovens entre 20 e 29 anos, público com maior ocorrência de casos.
Vale frisar que o grupo de jovens entre 20 e 29 anos só poderá receber a dose da tríplice ou da dupla viral (sarampo e rubéola), conforme a indicação do profissional de saúde, caso não tenha sido vacinado.
Em ambos os casos, haverá o chamado Dia D em duas datas: em 19 de outubro e em 30 de novembro, respectivamente.

Esquema de vacinação

A fim de evitar o desperdício, já que cada frasco contém dez doses que duram apenas oito horas após aberto, a aplicação da vacina triviral continuará sendo feita de forma escalonada, conforme mostra a tabela abaixo:
  • Segunda-feira: Santana, Aeroporto, Santa Terezinha, Dornelas, Belisário e Marambaia;
  • Terça-feira: Gaspar, Joanópolis, Santo Antônio, Policlínica do Safira e Boa Família;
  • Quarta-feira: São Pedro, São Francisco, Porto e José Cirilo;
  • Quinta-feira: São Gotardo, Inconfidência, Barra II, Bom Jesus da Cachoeira e Vermelho;
  • Sexta-feira: Barra I, Planalto, São Cristóvão, Cardoso de Melo, itamuri, Primavera e Patrimônio São José.

Vacinação contra sarampo

  • Locais: Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) da cidade e distritos
  • Dias: segunda a sexta-feira
  • Horário: 8h às 16h30min
  • Público-alvo: crianças de 6 meses a menores de 5 anos e adultos de 20 a 29 anos

Dia D

  • 19 de outubro: crianças de 6 meses a menores de 5 anos
  • 30 de novembro: adultos de 20 a 29 anos

É necessário apresentar cartão de vacina da criança

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here