Renato Aragão leva golpe e perde R$ 3 milhões; entenda

Ex-funcionário teria utilizado cheques com assinatura falsa para fazer saques das contas bancárias do humorista.

O humorista Renato Aragão, o eterno Didi Mocó, teria sido vítima de um golpe por um ex-funcionário da sua empresa que desviou mais de R$ 3 milhões.

De acordo com o colunista Alessandro Lo-Bianco, do programa A tarde é sua, atração comandada por Sônia Abrão na RedeTV!, o suspeito trabalhava na empresa Renato Aragão Produções.

Nesta segunda-feira (10/05), o repórter revelou que o ex-funcionário teria falsificado cheques e adulterado o nome dos beneficiários para o seu próprio nome, para sacar dinheiro das contas bancárias de Renato. Segundo a nota, também teriam sido falsificadas as assinaturas de Lilian Aragão, esposa do líder da série televisiva Os Trapalhões.

Aragão entrou com uma ação contra o banco alegando falhas na segurança da agência ao receber cheques falsificados e ter permitido os saques. Na ocorrência, Didi e Lilian pedem à instituição bancária a restituição dos R$ 3.341.500 desviados.

Renato afirma que o desvio aconteceu durante seis anos. O humorista entrou com um processo trabalhista contra o ex-funcionário, que já foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público após a conclusão do inquérito.

“Você não pode confiar nas pessoas nesse mundo que a gente vive hoje. Ele não merecia passar pelo que está passando. E o golpe é emocional, é uma coisa muito séria”.

Sônia Abrão.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here