Preso em Cachoeiro do Itapemirim o segundo envolvido na tentativa de assalto que terminou em morte de policial muriaeense em Itapemirim

O segundo suspeito de envolvimento na tentativa frustrada de assalto que terminou em troca tiros com policiais militares de Minas Gerais na manhã desta sexta-feira (26), em Itaipava, balneário de Itapemirim, foi preso após dar entrada no pronto socorro da Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim.

De acordo com a Polícia Militar, após o crime, o suspeito fugiu de moto para Piúma, de onde seguiu para Cachoeiro.

Baleado na costela, o rapaz procurou ajuda na Santa Casa. A equipe médica acionou a PM que deu voz de prisão ao suspeito que não corre risco de morte e segue internado sob escola policial.

O crime

Um homem identificado Jonathas Ayres Severo da Silva conhecido como “Alto Falante” foi morto na manhã desta sexta-feira (26) em Itaipava, balneário de Itapemirim, ao tentar assaltar e trocar tiros com dois policiais.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 9h30, dois homens a bordo de uma motocicleta abordaram o condutor de um carro e anunciaram o assalto. O motorista e o carona, que são parentes, moram em Minas Gerais, e trabalham como policiais militares no Rio de Janeiro, reagiram e trocaram tiros com os criminosos.

Jonathas foi atingido pelos tiros e morreu no local. Seu comparsa, mesmo baleado, conseguiu fugir com a motocicleta. Os dois policiais também se feriram e foram socorridos para o hospital do município. Um deles, identificado como Boanerges do Bem Brandão, 34 anos, atingido no pescoço, não resistiu e morreu. Outros familiares dos policiais que também estavam no carro não se feriram.

Segundo os familiares dos policiais, eles estão na cidade de Itapemirim há duas semanas e no momento do crime estavam indo para Guarapari.

Fonte: Aqui Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here