PM de Cataguases prende grupo envolvido em diversos roubos nas cidades da região

0
342
Moto apreendida na casa de um dos detidos na operação policial em Cataguases (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Denúncias indicaram localização de seis integrantes nesta segunda (9/4). Apenas em 2018, eles praticaram crimes em Cataguases, Viçosa, Canaã, São Miguel do Anta, Ubá, Leopoldina e Itamarati de Minas.

A Polícia Militar (PM) prendeu nesta segunda-feira (9), em Cataguases, seis indivíduos entre 18 e 32 anos suspeitos de integrar uma quadrilha que cometeu crimes na Zona da Mata. Eles praticado roubos em Cataguases, Viçosa, São Miguel do Anta, Canaã, Ubá, Leopoldina e Itamarati de Minas.
A operação foi desencadeada a partir de informações de que um jovem, de 26 anos, e um homem, de 32, ambos de Viçosa, estavam na casa dos irmãos, de 20 e 22 anos, no Bairro Ibrahim Mendonça.
A partir disso, a PM solicitou mandado de busca e apreensão e esteve no local, onde os quatro foram detidos e onde foram apreendidos dois pés de maconha e materiais usados para embalar as drogas.
Novas denúncias levaram os militares para outro endereço, onde mora um jovem de 18 anos. Ele estava escondendo uma motocicleta roubada na última quarta-feira (4/4), em Ubá. O veículo seria usado para roubar uma lotérica em Cataguases.
Materiais apreendidos com suspeitos de integrar quadrilha que cometia crimes que foram detidos em Cataguases nesta segunda-feira (9) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
O jovem de 18 anos disse que um conhecido pediu que ele guardasse a motocicleta. Os militares deslocaram até a residência do último envolvido, que também tem 20 anos, e localizaram peças de uma moto vermelha, que pode ter sido usada pela quadrilha em um roubo ocorrido em Canaã em 2018.
Eles foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil, juntamente com o material apreendido. De acordo com a PM, a operação desmantelou parte da quadrilha e ajudará os trabalhos de investigação de crimes ocorridos na região.
Além dos integrantes da quadrilha, outros três indivíduos mandados de prisão em aberto foram localizados e presos em Cataguases durante a operação.

Crimes praticados pela quadrilha

De acordo com a assessoria de comunicação organizacional da 6ª Companhia de Polícia Militar Independente de Leopoldina, o rapaz de 26 anos de Viçosa é apontado como o chefe da quadrilha. Ele possui passagens por tráfico de drogas em 2011; tráfico e uso de drogas em 2013; roubo em 2014, além de porte ilegal de armas e sequestro em 2016.
Em 6 de março deste ano, ele foi preso com munições em São Miguel do Anta e levantou suspeita de ter sido um dos autores do roubo ocorrido, na mesma data, em um estabelecimento em Canaã, no qual os autores fugiram em uma moto vermelha.
No dia 19 de março, a Polícia Civil de Viçosa cumpriu mandado de busca e apreensão na residência de investigados pela prática de diversos roubos na região. O rapaz de 26 anos estava no local e foi preso juntamente com outros quatro indivíduos. Na ocasião, foi localizada outra moto vermelha, roubada dois dias antes e utilizada em outros roubos na região.
Estes suspeitos são apontados como autores do roubo ocorrido em uma lotérica, em Cataguases, no dia 15 de janeiro deste ano.
Em 3 de fevereiro, policiais militares de Itamarati de Minas prenderam dois indivíduos por tentativa de roubo à lotérica da cidade. Também apontados como integrantes da quadrilha, os suspeitos de Cataguases e de Viçosa foram presos com uma arma de fogo, drogas e uma motocicleta roubada em Viçosa.
O rapaz de 18 anos, que guardou a moto em casa, possui passagens por furto em 2014; roubo, lesão corporal e tráfico de drogas em 2015; agressão em 2016; uso de drogas em 2017. Em fevereiro deste ano, a PM de Cataguases encontrou na casa dele uma motocicleta roubada entre Leopoldina e Piacatuba.
Na ocasião, os militares receberam informações de que ele praticou o roubo juntamente com o rapaz de 20 anos, detido no Bairro Ibrahim Mendonça, mas os dois não foram localizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here