Muriaeenses agora podem denunciar infrações de trânsito pelo WhatsApp

Programa ‘Você Fiscal’ , lançado pela Prefeitura, pretende reduzir abusos cometidos por motoristas e garantir respeito aos direitos de todos no trânsito.

Uma nova iniciativa lançada nesta quinta-feira (9/5) pela Prefeitura de Muriaé chega com o objetivo de reduzir transtornos para pessoas que sofrem com abusos cometidos por motoristas. O programa “Você Fiscal”, desenvolvido através do Departamento Municipal de Transportes e Trânsito (Demuttran), oferece o que o próprio nome já diz: a possibilidade de que cada muriaeense ajude a fiscalizar o trânsito, denunciando situações verificadas no dia a dia.
O procedimento é gratuito e funciona via aplicativo WhatsApp. Para fazer uma denúncia, basta enviar mensagem para o número (32) 3696-3338, contendo foto que mostre, de forma clara e nítida, a placa do veículo e a possível infração de trânsito cometida. Além disso, também é necessário informar data, local e horário do ocorrido, para que as informações possam ser conferidas. As denúncias são totalmente sigilosas – ou seja, os autores não serão revelados.
Vale ressaltar que não haverá nenhum tipo de aplicação de multa em virtude do simples envio de uma denúncia. As mensagens serão recebidas pelo Demuttran, que em seguida entrará em contato com a Polícia Militar para que realize a averiguação imediata. O órgão policial fará a autuação apenas se a infração for confirmada através de flagrante.

Respeito aos direitos

Com o “Você Fiscal”, a Prefeitura de Muriaé quer garantir que os direitos de todos sejam respeitados no trânsito. Uma moradora do bairro João XXIII, que preferiu não se identificar, relata que todos os dias se depara com calçadas obstruídas por veículos enquanto caminha até o trabalho. “Acabo tendo que descer do passeio e caminhar junto aos carros na rua, correndo o risco de sofrer um acidente”, afirma.
Existem diversas outras situações irregulares que podem ser denunciadas, tais como: impedimento (mesmo que temporário) de acesso a garagens; veículos mal estacionados, de forma que atrapalhem a circulação de carros, motos, bicicletas ou pedestres; e ocupação de vagas especiais (para idosos ou pessoas com deficiência) sem o devido credenciamento para sua utilização. Além disso, estacionar em locais restritos como áreas de embarque e desembarque ou de carga e descarga também pode gerar multa e outras penalidades.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here