Luisa Mell é acusada de roubar cachorro de raça e se manifesta: “A Justiça quem tirou”

A ativista rebateu com vídeos da cena em um posicionamento publicado no Instagram.

Nesta quarta-feira (16), Luisa Mell foi parar em um dos assuntos mais comentados do Twitter após uma thread acusar a ativista de levar um animal de raça rara da casa de sua família.

Segundo os relatos, Luisa Mell foi participar de um “resgate” de animais as quatro da manhã em um canil de bulldog. Ela mostrou o local com fezes, “por ela sabe que ninguém limpa bosta de madrugada”. “Luísa entrou na casa da família: uma mulher, um homem e um adolescente com espectro autista e levou os cachorros da própria família, um deles é um Borzoi. Pra quem não sabe, Borzoi não tem no Brasil (apenas uns 15) que é uma raça importada”, escreveu o usuário. A entrada teria acontecido de forma legal. Assim, ela teria forjado um atestado de óbito, mas o cachorro teria aprecido na casa de uma das famílias que financiam o Instituto.

A ativista negou a história, e afirmou para o Metrópoles que já havia esclarecido anteriormente. Segundo ela, naquela noite houve o resgate de ais de 140 cachorros em um canil, entre eles o Borzoi que estaria há dias sozinho, em um quarto escuro e sem janela.

“É o seguinte, fui a um canil. A Justiça quem tirou os cachorros. Essa mulher [a dona do cachorro] está sendo processada por tráfico de drogas e até perdeu”, afirmou. “Inclusive, até o conselho tutelar já até foi a casa dela para tirar a guarda da criança, que nem é uma criança, tem 14 anos”, comentou. Quem haveria determinado os cães que seriam apreendidos seriam as autoridades públicas. Sobre a certidão de óbito, Luisa Mell afirma que foi um erro da veterinária, e que o animal estaria em um lar temporário.

A justiça teria tentado encontrar Gabriela Bueno para se defender por mais de um ano. Os autos da ação penal incluem tráfico de drogas, maus-tratos de mais de 140 animais e exercício irregular da profissão de médico veterinário. Ela também estaria perseguindo o Instituto da ativista e autoridades há meses. Confira um vídeo do local, enviado junto ao posicionamento de Luisa:

Fonte: Metropolitana FM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here