Fundação Cristiano Varella obteve permissão de uso da Fhemig de estrutura hospitalar em Ubá para novo serviço de oncologia clínica

O Hospital do Câncer de Muriaé, da Fundação Cristiano Varella, obteve na manhã desta quinta-feira (19) uma importante permissão de uso de estrutura hospitalar para expandir atividades de oncologia em Ubá.

O espaço físico foi cedido pela FHEMIG – Fundação Hospitalar de Minas Gerais, inicialmente por 30 anos, e conta com uma grande estrutura que até então funciona a Casa de Saúde Padre Damião, um hospital que atende alguns pacientes em cuidados prolongados, que serão agora direcionados para outros hospitais da Cidade de Ubá.

Há algum tempo iniciou-se uma conversa para a Fundação Cristiano Varella – Hospital do Câncer de Muriaé utilizar uma parte da estrutura da Casa de Saúde, para implantar um ambulatório de quimioterapia, mas no decorrer dessa negociação, após visita da presidente da FHEMIG, Renata Ferreira l. Dias, foi verificado o pequeno volume de atendimentos realizado pela Casa de Saúde e a total viabilidade de redirecionar esses poucos atendimentos para outras estruturas hospitalares de Ubá, concluindo que o melhor seria ceder toda a estrutura para o Hospital do Câncer de Muriaé e, para a surpresa dos diretores da Fundação Cristiano Varella, todo o imóvel do hospital foi cedido para montar uma nova estrutura, ainda mais ampla do que era o pensamento inicial da parceria.

O projeto de expansão do novo local, segundo o diretor superintendente da FCV, Sérgio Henriques, será um serviço adicional de oncologia clínica para infusão de quimioterapias ambulatoriais, mais próximo dos pacientes, na microrregião de Ubá, para não haver necessidade deles se deslocarem até Muriaé, reduzindo o transporte sanitário e dando eles maior comodidade. Entretanto, a triagem e o diagnóstico do câncer, além dos atendimentos hematológicos e pediátricos continuarão sendo realizados em Muriaé.

A parceria entre FHEMIG e Fundação Cristiano Varella, comtempla uma parceria para manter o suporte necessário ambulatorial para os pacientes ambulatoriais ainda cadastrados dentro do protocolo da hanseníase assistidos pela Casa de Saúde Padre Damião, até que seja estruturado novo fluxo.

Após a assinatura da parceria, o próximo passo agora é fazer o projeto de estruturação da área física, como recepção, consultórios, salas de infusão e outros, para conseguir aprovação da vigilância sanitária e dar início às obras e reformas.

Estiveram presentes na assinatura do termo o Governador Romeu Zema, o secretário de estado de saúde Fábio Baccheretti, a presidente da Fhemig, diretoria da Comunidade Padre Damião e outras autoridades.

Como parte do planejamento estratégico da Fundação Cristiano Varella para ampliar os serviços de saúde para a população, além de Ubá há também planos de montar serviços adicionais de oncologia em Governador Valadares e Manhuaçu, pelo fato dessas cidades estarem estrategicamente localizadas na região de abrangência da Fundação Cristiano Varella, com uma população significativa e muitos municípios atendidos.  No caso de Governador Valadares a Fundação Cristiano Varella já recebeu um terreno em doação e se encontra na fase de abertura de sua filial para início aos projetos, já em Manhuaçu, as tratativas tem definições menos concretas, mas em conversas com o município.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here