Evento traz esclarecimentos sobre Alzheimer e inicia grupo de apoio em Muriaé

0
411

Prefeitura realiza iniciativa para conscientizar familiares e cuidadores a fim de melhorar qualidade de vida dos pacientes

O ciclo de palestras sobre Alzheimer realizado na última sexta (29), no Teatro Zaccaria Marques, organizou um grupo de apoio para cuidadores de pacientes com perda de memória. A Prefeitura de Muriaé apoiou a iniciativa que trouxe para os muriaeenses mais informações sobre “Sintomas, cuidados, tratamentos e estatísticas” da doença. As apresentações ofereceram explicações sobre o Alzheimer, levaram conscientização para as famílias presentes e, ainda, mostraram que é necessário haver um cuidador para atender o paciente.

Durante o evento, a organizadora das palestras, Nilza Suhett, também cuidadora, recolheu nomes e telefones das pessoas interessadas em participar do Grupo de apoio que será formado na cidade. Especialistas foram convidados para falarem sobre o assunto.

Nosso propósito é oferecer informações sobre a demência gerada pelo Alzheimer. As repetições de palavras precisam ser entendidas

, disse o geriatra de Volta Redonda (RJ), especializado em demência, José Roberto Arantes.

“Conhecer para cuidar” foi o tema da segunda palestra.

Nosso objetivo é divulgar que o Alzheimer é uma enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode ser tratada com muito amor. Eu precisei aprender a cuidar de minha esposa. Foi bem difícil no início, mas aprendi. A minha parte neste projeto é contar a minha experiência como cuidador

, disse o assessor de Conscientização para a Doença do Lions Clube de Volta Redonda, Jorge Pantaleão.

Prefeitura será parceira do “Grupo de Apoio” oferecendo palestras e suporte

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, se tornou parceira do projeto e deverá oferecer profissionais para realizarem palestras nas reuniões do “Grupo de Apoio”.

Neste momento, a família precisa estar preparada para enfrentar as dificuldades, entendendo mais sobre as fragilidades do doente e recebendo orientações sobre os cuidados com a alimentação, a necessidade de fisioterapia, entre outros

lembrou o secretário Adjunto de Saúde, Wescley de Souza.

O prefeito Grego ressaltou as dificuldades enfrentadas pelos parentes.

Quando os nossos idosos começam a ter a memória comprometida é o momento de unirmos forças e decidirmos quem irá se responsabilizar por eles. Fica claro que eles não saberão mais se virar sozinhos. Foi para auxiliar familiares e cuidadores, em um momento de sofrimento, que decidimos nos unir aos organizadores do ‘Grupo de apoio’ e investir na construção de um novo caminho para os doentes de Muriaé

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here