Casal é preso por comércio ilegal de pássaros silvestres na BR-116 em Miradouro

Os animais foram encaminhados à Polícia Militar de Meio Ambiente para posterior encaminhamento ao Ibama em Juiz de Fora.

Um idoso, de 71 anos, e companheira dele, de 42 anos, foram presos nesta quinta-feira (24) por comércio ilegal de pássaros silvestres em Miradouro. As prisões ocorreram durante uma ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 678 da BR-116.

De acordo com a corporação, o casal estava em um carro com placas do Rio de Janeiro (RJ) e durante pesquisa aos sistemas da PRF foram identificados dois mandados de prisão em desfavor do condutor.

Os agentes fiscalizaram o veículo e encontraram 12 gaiolas, contendo 14 pássaros, sendo 12 da fauna silvestre. Entre os pássaros haviam coleiros, papagaios, canários belga e até patativa. Os animais estavam no porta-malas e eram transportados de forma cruel.

Aos policiais, o idoso afirmou que atualmente trabalha com comércio de pássaros, adquirindo animais na região de Paraopeba e vendendo na feira de Duque de Caxias (RJ). Ele informou ainda que realiza tal operação a cada dois meses.

A mulher, por sua vez, informou que permaneceu presa por 40 dias no ano de 2016, pelo crime de comércio de animais silvestres, quando foi flagrada em companhia do condutor, também com pássaros no veículo em que estavam.

Os pássaros foram encaminhados à Polícia Militar de Meio Ambiente para posterior encaminhamento ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Juiz de Fora.

O casal foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Muriaé para demais providências relativas aos crimes contra o meio ambiente.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here