Após assalto em Divino, bandido morre em confronto com a PM de Fervedouro

Armas e objetos apreendidos com suspeito de roubo que morreu em confronto com policiais militares em Fervedouro — Foto: Polícia Militar/Divulgação.

Segundo ocorrência, ele não acatou ordem de se render e apontou arma para policiais. Outro envolvido no crime está foragido.

Um bandido que praticou roubo em Divino morreu após confronto com policiais militares na zona rural de Fervedouro. O cúmplice conseguiu fugir.
Segundo a Polícia Militar, a dupla chegou de moto e armada a um posto de gasolina na noite desta segunda-feira (16/9), no distrito de Bom Jesus do Divino. Levaram R$ 380 do frentista, celular e a moto de um cliente.
Foi realizada uma operação de cerco e bloqueio que localizou os assaltantes na altura do Córrego Graminha, na zona rural de Fervedouro. Eles desobedeceram à ordem de parada e fugiram por uma estrada vicinal. A moto derrapou e o motociclista e o carona caíram.

O condutor fugiu a pé em direção a uma lavoura de café. As equipes realizaram rastreamento, mas ele ainda não foi localizado.
Ao se levantar, o carona desobedeceu à ordem de se render, sacou a espingarda calibre 12 e apontou em direção aos PMs, que fizeram disparos. Ele foi atingido e morreu no local. Após perícia, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Muriaé.
Foto: Paulo Roberto da Rádio.
Foi encontrado no bolso interno da jaqueta do bandido morto, um revólver calibre 38. Além das armas, foi apreendida a moto com placas de Campos dos Goytacazes (RJ) usada por um deles. O veículo foi removido para pátio credenciado ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran) em Carangola.
As armas usadas pelos três policiais militares foram apreendidas e eles foram apresentados ao comandante da PM, para a adoção das providências administrativas cabíveis em casos de morte em confronto com militares.
Foram feitos dois boletins de ocorrência, um pelo roubo e outro pelo homicídio, que serão encaminhados para investigação na Polícia Civil e para apuração interna na PM.
Fonte: portal G1 Zona da Mata
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here