Prefeito anuncia fim da integração do sistema de transporte coletivo em Muriaé

1
36

O prefeito de Muriaé Grego anunciou em primeira mão instantes atrás, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira em seu gabinete na prefeitura, que foi decidido em razão da insatisfação e o expressivo número de reclamações de usuários do coletivo urbano, que o sistema “Muriaé integra”, que consistia na integração das linhas urbanas e permitia o uso de duas linhas com o pagamento de uma só passagem via Terminal de integração, não será continuado. Assim após a definição do prazo para a nova adequação das linhas e horários, tudo voltará a ser como antes (mesmas linhas, horários e itinerários).

 

Confira a informação divulgada pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Muriaé:

Após ouvir a demanda da população, o prefeito Grego reuniu nesta sexta-feira (12) com representantes da empresa responsável pelo sistema de transporte urbano local, Viação União, com a presença do presidente da Câmara Municipal, Ademar Camerino, e determinou que as linhas e itinerários retornem ao sistema anterior em até dez dias.

Após dialogar com vereadores e lideranças dos bairros, foi identificado que o sistema, que estava sendo operado em caráter experimental, não atendeu a demanda da população. Com isso, a decisão do prefeito Grego foi a de retomar os horários e linhas anteriores, no prazo máximo até 22 de janeiro. Também ficou determinado que a empresa desenvolverá um aplicativo para celular que facilitará o acompanhamento dos horários e itinerários em tempo real aos usuários, além de estudar outras melhorias.

“Atendendo a opinião da maioria dos muriaeenses, determinamos o retorno do sistema ao modelo anterior e estudaremos formas de melhorias para os usuários”, afirmou o prefeito. Os novos abrigos das paradas de ônibus instalados na Avenida JK foram doados ao município e serão realocados em outros pontos de bairros da cidade.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Muriaé

1 COMENTÁRIO

  1. Não funcionou porque foi mau planejado, ou melhor não foi planejado. O que faltou foi ouvir antes a população para criar o sistema e divulgar todas as mudanças que ocorreriam antes delas entrarem em vigor, o que não foi feito. Volta atrás, voltam os velhos problemas, apenas ocorrerá a troca de insatisfação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here