NAC longe de vaga no Módulo II, Baeta e Betinense perto e Guarani-MG garantido

0
250
Baeta está quase lá, assim como Betinense (Foto: Patrocínio Photo Studio)

Bugre praticamente se garante em primeiro. Tupynambás e equipe radicada em Nova Serrana precisam de vitória simples para avançarem, enquanto Nacional depende de combinação

Os times da Zona da Mata e Centro-Oeste estão bem no Módulo II do Campeonato Mineiro. A duas rodadas do fim da primeira fase, uma das equipes está classificada, duas estão próximas das semifinais e uma ainda sonha em chegar a segunda fase da competição, que garante acesso à elite do futebol mineiro.

O Nacional de Muriaé se complicou. O empate diante do Social, em casa, obriga o NAC a vencer seus dois jogos, contra Baeta e Tricordiano, e a torcer para que o Tupynambás perca também na última rodada. Além disso, o Tricolor necessita que Uberaba, Tricordiano, CAP Uberlândia e Democrata SL não vençam ou cheguem a no máximo 15 pontos na tabela. A equipe é oitava colocada, com 10 pontos.

O Guarani-MG está rindo à toa. A vitória de quarta-feira no confronto direto contra o Betinense não apenas assegurou classificação para as semifinais, mas também deixou o time perto de confirmar a primeira posição na fase inicial do Módulo II. Se pontuar contra o Mamoré, fora de casa e não perder para o América TO – segundo colocado com 19 pontos – na última rodada, no Farião, o time permanecerá líder. Atualmente o Bugre tem 22 pontos.

Guarani-MG está nas semifinais do Módulo II (Foto: Guarani-MG/divulgação)

Por sua vez, o Betinense, terceiro, com 17 pontos, pensa em confirmar sua classificação. Para isso, basta vencer CAP Uberlândia em casa ou Democrata SL fora, para não depender de ninguém. Caso empate com o CAP no fim de semana, o Betinense vai precisar secar o Uberaba para conseguir a vaga de forma antecipada. Se perder para o CAP, o Betinense define sua situação apenas na última rodada.

O cenário para o Tupynambás é semelhante. O time fecha o G-4, com 16 pontos e se vencer Nacional de Muriaé, fora, ou Mamoré, em Juiz de Fora, estará nas semifinais. Caso empate no Soares de Azevedo, o Baeta precisará torcer pela derrota do Uberaba e por tropeços de Democrata SL, Tricordiano e CAP Uberlândia para avançar antecipadamente.

Baeta está quase lá, assim como Betinense (Foto: Patrocínio Photo Studio)
Colaboração: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here