Defesa Civil acompanha situação de barragens próximas a Muriaé

0
201

Órgão municipal participa de visitas às barragens e faz monitoramento de rios da região.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), órgão vinculado à Prefeitura de Muriaé, informa que acompanha a situação de segurança das cinco barragens em cidades próximas ao município. Já o monitoramento de barragens é atribuição legal de órgãos estaduais.
A COMPDEC, mais conhecida como Defesa Civil, participa de visitas às instalações das barragens e acompanha o Plano de Ajuda Emergencial (PAE) e o Plano de Ajuda Emergencial de Barragem de Mineração (PAEBM). Essas medidas fazem parte da Lei 12.334, que define a Política Nacional de Segurança de Barragens. Além disso, a Defesa Civil faz o monitoramento constante dos três rios – Muriaé, Preto e Glória – que poderiam ser afetados em um possível desastre.
Em maio de 2018, a Defesa Civil foi convidada a visitar a PCH do Glória, que é de propriedade da Vale. Em julho do ano passado, agentes da Defesa Civil de Muriaé visitaram a Barragem de Bom Jardim, da Bauminas, em Miraí, para conhecer suas instalações, funcionamento e sistema de segurança, além do Plano de Ajuda Emergencial, que engloba ações entre a empresa mineradora e as COMPDEC’s.
As visitas a essas e outras barragens em cidades próximas a Muriaé atendem à Lei 12.334, a qual determina que as mineradoras entreguem à Defesa Civil o PAE e o PAEBM, a fim de se executar trabalhos de forma conjunta no momento de emergência.

CBA garante segurança de suas barragens

Dois dias após o rompimento da barragem da Mina Córrego Feijão, da Vale, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) emitiu no domingo (27) mensagem interna aos seus funcionários lamentando o fato e se solidarizando com todos que tiveram suas vidas impactadas com a tragédia.
No mesmo comunicado, a CBA também esclareceu que possui “sistema robusto” que garante a integridade física de suas barragens, informando que esse processo contempla ações da própria empresa e atividades permanentes realizadas por auditorias técnicas externas, feitas por especialistas. A Companhia ressaltou ainda que todas as barragens de suas operações possuem laudos técnicos que garantem a estabilidade das operações, e que esses relatórios são encaminhados aos órgãos fiscalizadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here