Bolsonaro venceu em 456 cidades de Minas; Haddad, em 397. Veja os números em Muriaé

0
336
Candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). - Fotos: Tânia Regô / Marcelo Camargo / Agência Brasil

Domínio nos oito maiores colégios eleitorais ajudou o candidato do PSL a construir a vantagem de mais de 2,3 milhões de votos sobre o adversário do segundo turno.

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) protagonizaram disputa equilibrada em número de vitórias por cidade em Minas Gerais, mas o domínio nos oito maiores colégios eleitorais ajudou o candidato do PSL a construir a vantagem de mais de 2,3 milhões de votos sobre o adversário do segundo turno. Segundo levantamento do Jornal Estado de Minas, com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra que Bolsonaro venceu o petista em 456 cidades (53,5% dos 853 municípios mineiros), enquanto Haddad teve mais votos em 397 (46,5%).
Arte: Paulinho Miranda/EM
O candidato do PSL dominou o Triângulo Mineiro (à exceção do Pontal do Triângulo), regiões Sul, Sudoeste e Metropolitana de Belo Horizonte – na capital, ele seria eleito em primeiro turno, com 55% dos votos válidos. No Oeste está Perdigão, de pouco mais de 10 mil habitantes, onde Bolsonaro teve 72% – seu maior percentual em Minas. Entre os municípios sul-mineiros, a única vitória de Fernando Haddad foi em São Thomé das Letras.

Resultado da votação em Muriaé

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 79,01% dos eleitorado (77.206 eleitores) compareceu as urnas e 20,99% não votaram em Muriaé. Confira abaixo os votos válidos dos muriaeenses para cada cargo:

Presidente

  1. Jair Bolsonaro (PSL) – 53,72%
  2. Fernando Haddad (PT) – 26,06%
  3. Ciro Gomes (PDT) – 11,16%
  4. Geraldo Alckmin (PSDB) – 3,10%
  5. João Amoedo (Novo) – 2,27%
  6. Cabo Daciolo – 1,62%
  7. Henrique Meirelles (MDB) – 0,72%
  8. Marina Silva (Rede) – 0,60%
  9. Guilherme Boulos (PSOL) – 0,34%
  10. Alvaro Dias (Podemos) 0,31%
  11. Vera (PSTU) 0,04%
  12. Eymael (DC) – 0,03%
  13. João Goulart Filho (PPL) – 0,03%

Governador

  1. Romeu Zema (Novo) – 42,98%
  2. Antonio Anastasia (PSDB) – 29,02%
  3. Fernando Pimentel (PT) – 22,89%
  4. Adalclever Lopes (MDB) – 2,78%
  5. Dirlene Marques (PSOL) – 1,40%

Senador

  1. Dinis Pinheiro (SD) – 22,37%
  2. Jornalista Carlos Viana (PHS) – 21,06%
  3. Dilma Rousseff (PT) – 16,51%
  4. Rodrigo Pacheco (DEM) – 15,20%
  5. Miguel Correa (PT) – 8,27%

Deputado Estadual

  1. Dr. Wilson Batista (PSD) – 20,11%
  2. Dr. Carlos Wilson (PHS) – 8,46%
  3. Braulio Braz (PTB) – 8,09%
  4. Sergio Dias Henriques (PSD) – 7,15%
  5. Nei Chicareli (Rede) – 6,14%

Deputado Federal

  1. Misael Varella (PSD) – 16,47%
  2. Paulo Sergio Amaral (PP) – 11,47%
  3. Marcelo Alvaro Antonio (PSL) – 5,14%
  4. Patrus Ananias (PT) – 4,07%
  5. Stefano Aguiar (PSD) – 3,83%

O petista, por sua vez, levou a melhor no Norte, Vale do Jequitinhonha e parte considerável da Zona da Mata. No Norte, tradicional reduto petista, a exceção é Taiobeiras, de pouco mais de 33 mil habitantes, que teve 55% dos votos no candidato do PSL. Na mesma região está Luislândia, onde o petista angariou mais de 79% dos votos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here